quinta-feira, 1 de outubro de 2015

CENTRO COMERCIAL CUBO MÁGICO - Trabalho de Projeto Arquitetônico











Trabalho Urbanismo - Intervenção na Rua Getúlio Vargas (Paranavaí)






Fórmulas para achar as áreas de figuras geométricas


Instalações Prediais de Gás - Trabalho dimensionamento


Trabalho Paisagismo - Jardim Residencial Eucalipto





Biografia Teodoro González de Léon


BREVE HISTÓRICO
Arquiteto mexicano nascido em 1926 na Cidade do México, foi formado pela Universidade Autônoma do México (UNAM), pertence a uma geração educadora pelo Movimento Moderno e hoje ele é reconhecido internacionalmente.

INFLUÊNCIAS
Estagiou por 18 meses com Le Corbusier, de quem recebeu influências significativas como: concreto, módulo, elementos pré-fabricados e funcionalismo.

VISÃO PANORÂMICA
Teve em sua primeiras obras a presença de pilotis e influência direta de Le Conbusier.
A partir da década de 60, teve uma série de mudanças em sua linguagem como: Edifícios presos ao chão (abandono do pilotis); Uso do brise-soleil como elemento de proteção solar e, em alguns casos, como elemento estrutural; Alta exploração da plástica dos edifícios  como o uso dos brises; Uso de painéis pré-fabricados nas fachadas; Colunas no pano da fachada; Uso do pátio.
Ao final dos anos 60 introduz o uso da grapa, um elemento mural em forma de ‘’C’’, e das portadas;
As portadas, aliada aos brises e, algumas vezes á colunada da fachada, deixa claro a transição entre o público e o privado.
A partir dos final dos anos 70, Teodoro substituiu o concreto liso, pelo concreto esculpido (concreto + mármore, ao invés dos agregados tradicionais).
Teodoro afirma que em sua obra ele trabalha a plástica arquitetônica como uma colagem de elementos geométricos, chegando a se identificar com a frase de Aldo Rossi: ‘’A arquitetura é indiferente à sua função’’, ou seja, pode-se recombinar elementos e criar coisas totalmente diferentes.

VISÃO CRÍTICA
Octávio Paz (1914-1998), um dos mais importante ensaístas do México, escreveu a respeito da obra de Teodoro Gonzalez de Léon:

‘’Sua obra é composta pela aliança entre dois movimentos opostos: a gravidade e o ritmo. Gravidade devido ao aspecto pesado, que realmente dá a sensação de que o prédio está fixo ao chão; e ritmo pelos elementos que compõem o a forma, juntamente como o jogo de luz, que nos dá a sensação de contemplarmos uma dança imóvel.’’

OBRAS:

Arcos Bosques Corporativo (México – 1990)


Embaixada do México em Berlim (Berlim/Alemanha – 2000)


BIBLIOGRAFIAS:
SEGAWA, HUGO. Arquitectura latino-americana contemporânea. Barcelona: Editora Gustavo Gili. 2005;

LARIOS, Jose María. Columna, estrutura, y composición em la obra de Teodoro Gonzalez de León;

CURTIS, Wiliam J.R. Arquitetura moderna desde 1900. Bookman Companhia Ed., 2008;

TOCA, Antonio (org). Arquitetura América Latina: Nueva Arquitetura em America Latina: Presente y Ftuturo. México: Editora Gistavo Gili, 1990;

Revista Projeto nº 130;

www.vitruvius.com.br;

www.arqred.mx;

www.revista.unam.mx;

www.paseoarcosbosques.com.mx;

www.arquitour.com;

www.artigos.tol.pro.br/portal

LIMA, Bruno. www.pt.slideshare.net. ACESSO: 8 de setembro/2015

Biografia Pedro Ramirez Vazquez


"Arquitetura é uma resposta à vida de acordo com as tecnologias da época"
Ele nasceu em 16 de abril de 1919 em México DF Mexican. Arquiteto formou na UNAM, onde ele também distribuiu cadeira. Foi Presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de 1968. Em 1978, ele foi nomeado Secretário de Assentamentos Humanos e das Obras Públicas durante o governo de José Lopez Portillo. Foi fundador e primeiro diretor da Universidade Autônoma Metropolitana. É doutor honoris causa de várias universidades, incluindo a Universidade Nacional Autônoma do México e a Universidade de Colima.

CARACTERÍSTICA
Sua arquitetura é caracterizada por usando X como um elemento de treliças, a origem dessa tática refere-se a um acabamento Mayan um elemento usado no Palácio das freiras. O elemento estrutural, mas sua arquitetura é utilizada no concreto e pedra vulcânica, cristal de chumbo. Use o pátio central como um espaço estratégico, como disse ser o espaço mais agradável em um edifício. Maciços predominam sobre as aberturas. Considere os elementos naturais particularmente leves em seus projetos.

PREMIAÇÃO
Prêmio Nacional de Belas Artes em 1973;
Prêmio de Vida e de Trabalho concedido pela CEMEX Prêmio Construindo em 2003;

"A arquitetura deve ser eficaz e de verdade"

OBRAS EM SEU PAÍS
A torre de Tlatelolco, construção do Centro Cultural Universitário Tlatelolco e seu ambiente na Praça das Três Culturas (Antes edifício do Ministério dos Negócios Estrangeiros) Cidade do México (1965);


O Estádio Cuauhtemoc em Puebla, Puebla (1967);


Embaixada do Japão na Cidade do México, México (1975);

Centro Cultural Tijuana, Tijuana (1982);


Torre Mexicana de Aviacion Cidade do México (1984);


Templo Mayor Museu da Cidade do México (1987);

Museu Amparo em Puebla, Puebla (1987);


A Unidade Plano Diretor da Universidade Autônoma Metropolitana;

OBRAS ESTRANGEIRAS
México Pavilion na Exposição Mundial em Bruxelas (1958);

México Pavilion na Exposição Mundial em Seattle (1962);

Prédios do governo para a nova capital Dodoma, na Tanzânia (1975);

Monumento ao Frei Anton de Montesinos, República Dominicana (1982);

Escritórios do Comitê Olímpico Internacional na Suíça (1986);

México Pavilhão na Expo Mundial em Sevilha, Espanha (1992);

BIBLIOGRÁFIAS
MURILO, Adam. www.pt.slideshare.net. ACESSO E TRADUZIDO: 8 setembro 2015

www.designboom.com/architecture/pedro-ramirez-vazquez-1919-2013/. ACESSO: 8 setembro 2015

news.urban360.com.mx/130046/por-las-calles-de-la-ciudad-torre-de-tlatelolco/. ACESSO: 8 setembro 2015

www.museosdemexico.org/museos/entradamuseo.php?idMuseo=109. ACESSO: 8 setembro 2015

Estruturas Arquitetônicas - Pré-dimensionamento e carregamento - Lajes e vigas




Formas e materiais do ambiente interno - Conforto Ambiental - Acústica III