sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Time Square - Nova York



- Localização : Nova York EUA - junção da Broadway com a 7ª avenida, entre as ruas 42 Oeste e 47 Oeste na região central de Manhattan;
- É uma área formada pelo cruzamento de duas grandes avenidas de Nova York – EUA, sendo definida por uma grande praça ou largo, composta por vários cruzamentos e esquinas;
- Sendo uma área comercial, onde todos os prédios são obrigados a instalar letreiros luminosos com propósito de publicidade;





PONTOS MAIS CONHECIDOS DA TIME SQUARE: 
- NASDAQ – principal bolsa de valor do mundo; 
- ABC - rede de televisão onde ocorre o programa matinal Good Morning America transmitido ao vivo;
- Abrigando grandes industrias de entreterimento e grandes lojas de famosas marcas internacionais;
- A Time Square é o lugar mais visitado do mundo,recebendo anualmente cerca de 39 milhões de turistas;

Em 2009, Michael Bloomberg, ex-prefeito de Nova York, fechou parte da Avenida Broadway para os carros e instalou praças temporárias, parte da Times Square foi fechada para os automóveis e cadeiras e mesas foram colocadas na rua para ver como as pessoas aproveitariam o espaço. Naquele momento, eram dois objetivos: diminuir a poluição atmosférica e aumentar a qualidade de vida das pessoas nas ruas.


A principal intervenção feita no local, foi a pintura do piso da área restrita aos veículos. Bancos e mesas dobráveis foram ali colocados.

Você está planejando a cidade para os automóveis ou para os pedestres e as pessoas de fato? Na Times Square, automóveis ainda podem passar, mas essa situação está mudando, os pedestres ocupavam 37% do seu centro, hoje ocupam perto de 75% do espaço. Há mais pedestres que carros e eles vivem as ruas, compram nas lojas e interagem mais com anúncios.

Consequências
- A medida foi implementada como um experimento e se tornou um sucesso, assim, em fevereiro de 2010, tornou-se permanente entre as avenidas 42 e 47. 
- Lesões causadas por acidentes de trânsito baixaram 33% e o número de estabelecimentos comerciais aumentaram 180%. 
- O número de visitantes aumentou em 20%, passando a 422 mil por dia, aumentando o faturamento do comércio local 
- Aumento de 50% no valor dos imóveis e na receita do comércio da praça. 
- O uso de transporte público na região quase dobrou para os atuais 236 mil passageiros diários. 

” As pessoas têm mais tempo para passear, comprar e desfrutar a incrível beleza da Times Square”.



Novas medidas ao entorno
- ZONAS 30;
- Os cinco bairros de NYC ganharam zonas cujo limite de velocidade passou de 50 km/h para 30 km/h. Ao todo, são 14 zonas 30 projetadas com marcadores de velocidade, sinalização visual e marcações para priorizar a segurança nas áreas residenciais;




- Mais de 700 km de ciclovias foram incorporados à cidade. Além disso, o maior sistema de bike sharing hoje no mundo, o Citibike, foi inaugurado há apenas meio ano, com seis mil bikes distribuídas em 330 estações;
- Grande parte das melhorias foram feitas com TINTA;



Os departamentos de Projeto e Construção e de Trânsito da cidade de Manhattan contrataram o escritório de arquitetura norueguês Snohetta para desenvolver um projeto urbano a fim de aumentar e melhorar o mobiliário da região e aumentar o espaço para pedestres.


- Desde que o local passou a ter mais espaços para os pedestres, as lesões causadas por acidentes de trânsito baixaram 33% e o número de estabelecimentos comerciais aumentaram 180%;

- Instalação de mobiliário urbano e rebaixo das calçadas para que o lugar se torne uma grande esplanada, facilitando a drenagem durante as chuvas;
 
- A primeira etapa dos trabalhos já pode ser vista entre as avenidas 42 e 43, que foi inaugurada antes da última festa de ano novo;


Distribuição de bancos similares em todas as novas 5 praças que serão construídas, para que em conjunto, criem uma coluna vertebral na Times Square, a qual servirá aos eventos públicos e como um sistema de orientação para os turistas.


O piso dos passeios de pedestres será de concreto com discos de aço embutidos que refletem - em menor medida - as luzes de neon das telas de publicidade nas fachadas dos edifícios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário